O hOMEM pASMADO

desabafos de um troglodita moderno

sábado, abril 08, 2006

#00.065 iNCÓMODOS

Nunca me incomodou que as mulheres de quem gostei tivessem sexo com outros homens.

Incomodava-me, sim, que não o tivessem comigo!

17 Comentários:

Às domingo, abril 09, 2006 5:23:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

ah...(boca aberta)...
è assim?
tão desapegado?
hum!!!!!!!!!!!

 
Às domingo, abril 09, 2006 11:23:00 da tarde , Blogger homempasmado disse...

Fecha a boca, que ainda entra mosca!
;-)

Que esperavas, que defendesse a liberdade apenas para as "mulheres dos outros"?

--

E que raio tem o desapego a ver com isso?

Importar-te-ias que o "teu homem" fosse ao cinema com uma amiga, ou comer fora?

--

O último post, que vou colocar a seguir, é dedicado a ti!

:-)

Jinhos

 
Às quarta-feira, abril 12, 2006 7:22:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

eu devo tar loira... explica como se eu tivesse 4 anos , não te incomadas que tivessem tido antes de ti certo? não no teu reinado , to toda queimada....
será isto???

 
Às quinta-feira, abril 13, 2006 9:51:00 da manhã , Blogger homempasmado disse...

Não tenho certeza de ter compreendido a teu post, mas cá vai a minha resposta:

1. Não associo a sexualidade à masculinidade/feminilidade.
Um homem/mulher não é nem mais nem menos, pela quantidade de parceiros sexuais que teve.

Aliás, essa questão é geralmente associada ao sexo masculino.


2. O que os homens deviam aprender com as mulheres, é a não se importarem com a quantidade de homens que já existiram na vida passada das “suas” namoradas/companheiras.

A preocupação com amantes futuros, apenas interessa aos casais que escolherem a monogamia.

Percebo que o post poderia gerar esta confusão.

3. Não gosto de expressões do tipo “reinado” nesse contexto. Assim como não gosto do possessivo associado a pessoas (nem a animais)!

Não me incomoda que o tenhas dito, mas gostaria de deixar a coisa clara!
:-)


4. Explica-me o que queres dizer com estar queimada, sff.


Jinhos

 
Às quinta-feira, abril 13, 2006 6:25:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

começo pelo fim tar queimada significa estar a flipar um computador que queima a cabeça que dá o berro e deita fumo, por ai...

quanto ao ponto 2 acreditas que os homens não se importam eu acho e quase que tenho a certeza que para um homem se queres passar do primeiro encontro deves saber omitir alguns pequenos detalhes, como o numero de parceiros o que para voces é uma vantagem como tu disses te para as mulheres é um peso pode ter duas conotações ou é uma leviana ou tem algo muito sério que eu nem vou quere saber...
a inguenuidade ainda é um posto.
enfim,assim vai o mundo por aqui.
Como diria uma amiga minha nem com eles nem sem eles.

 
Às quinta-feira, abril 13, 2006 10:20:00 da tarde , Blogger homempasmado disse...

Ponto 2:
Eu tava falando do que os homens poderiam ser, não do que eram.

Concordo que muitos homens se "assustem" com "números elevados" e que tenham baixa opinião dessas mulheres que, na realidade, agem como eles.

Penso que é preciso ser-se muito imaturo não para conseguir suportar o nosso reflexo nas outras pessoas.

--

Quando as pessoas se contentam com menos do que merecem, quando cedem à mediocridade alheia, plantam a frustação futura!

Por que razão vai uma mulher querer passar do primeiro encontro com um tipo que não a aceita como ela é? Que lhe nega direitos e comportamentos enquanto os reseva para si?

Em suma, que a rebaixa enquanto pessoa e enquanto mulher?

Solidão? Falta de expectativas? Os gajos são todos iguais?

Nesse caso, entra-se em compromisso com o que se quer e o que se pode obter!

Aceita-se o mal menor e tenta-se dormir em paz!

Mas, queixar para quê? Serve para perder tempo e aumentar a frustação!


P.S.
As mulheres, já estão tão habituadas a essas atitudes masculinas, que, de uma maneira geral, consideram-nas uma inevitabilidade e pouco fazem para as tentar mudar.

É bem verdade que quando nos habituamos ao mau cheiro, deixamos de o sentir!

:-(

 
Às sábado, abril 15, 2006 3:22:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

mas infelizmente as que nao se habituam , são consideradas esquesitas, ou que tem a mania que são boas, como nós devesemos por de joelhos e agradeçer quando o sexo oposto se lembra de nos dedicar 5 minutos entre o futebol e os copos com os amigos eu tenho a mania ou é o cereja no topo do bolo ou para ser a queca da ordem , ou do dia deixa lá isso , gosto de seres que me alimentem o corpo e a alma... tas a ver vou ficar velha chata e sozinha , a maior parte dos seres do teu sexo nem articular meia duzia de palavras ás vezes sabe , a não ser que o assunto tenha uma bola um treinador uns gajos com pernas musculadas e as vezes jeitosos que por concidencia ou não até casam todos com modelos, o QI deve ser equivalente (hoje to muito corrosiva) eu até costumo ser docil...
Tás a ver porque é que eu vou ficar pra tia tenho um feitio de mer.....
beijo
nina

 
Às sábado, abril 15, 2006 10:46:00 da tarde , Blogger homempasmado disse...

Corrosiva e um pouco exagerada, não?

Tudo o que disseste sobre alguns homens, não se pode dizer sobre algumas mulheres?
Apenas mudam os assuntos.

O problema não é XXY, é educacional!

--

Sabes, muitas pessoas admitem que ninguém as completa, que existe sempre alguém que seria mais adequado em determinada situação, para determinada função!

No entanto, curiosamente, continuam a procurar UMA pessoa que as satisfaça plenamente!

Talvez algumas pessoas encontrem, talvez lhes saia a lotaria, talvez se iludam, talvez tenham baixos padrões de exigência (o que aumenta as possibilidades de encontrar a alma gémea).

Eu sei lá, tantos talvez e tantos mal-entendidos...
:-(

--

Foste mazinha com a história das modelos/futebolistas.
A questão beleza = pouca inteligência é um estereótipo muito comum!

Jinhos****


P.S. – Quantas mulheres passam do primeiro encontro e nunca partilham com os seus esposos/companheiros da mesma forma que o fazem com as suas/seus confidentes?

E que raio de relação será essa?

 
Às sábado, abril 15, 2006 11:30:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

quanto á ultima questão ou observação, sabes eu li algures que os homens desligam o cerebro quando estão a ouvir uma voz femenina e ouvem só 30% do que elas dizem ( isto é serio só os numeros não estão correctos ).
Agora, mesmo a sério o que acontece por vezes é que as mulheres não se sentem á vontade para desabafar com a sua cara metade pois ai teriam de dialogar e fazer queixas da relação e como sabes essas conversas, que vocês intitulam de conversa da treta " Lá tas tu a quer arranjar problemas, onde não há oh fofinha não tá tudo bem ? não compliques"
E toma lá um beijo na testa .
com as nossas amigas nós desabafamos e temos sempre aquela palavra amiga, pois elas consolam não magoam , não querem mudar o mundo, nem a nossa relação " quem tá dentro do convento..."
Mas admito, antes de decideres viver com alguem ou partilhar o teu futuro com a tal lotaria vê se consegues ser amigo e ter um dialogo com ela, pois no fim e na velhice passa o sexo e a paixão e se é para partilhar o resto dos nossos dias com alguem que seja alguem que se ame pelo menos falar...e estar em silencio...
Bolas estiquei-me e estou em tua casa teu espaço vais cobrar-me pelo espaço ocupado...
Pago á palavra ou á linha...????
grande beijo

 
Às segunda-feira, abril 17, 2006 11:18:00 da manhã , Blogger homempasmado disse...

Também li sobre isso.
Tenho uma certa desconfiança sobre esse tipo de estudos!
E depois, as percentagens tão na moda e são usadas como armas de arremesso!
:-(

--

Eu penso sobretudo que existem muitos mal entendidos sobre a forma como os homens e as mulheres abordam essas questões. Ambos não se conhecem, nem conhecem ao outro!

--

Mas olha lá, conheço mulheres que partilham mais com homens do que com mulheres!

Quanto à palavra amiga entre mulheres…
Bem, se for para lascar nos homens, de certeza que têm solidariedade!

Mas agora imagina que és uma rapariga desinibida e independente, que não tem relações sérias e que, para amantes, te saem na rifa uma maioria de homens casados!

Às vezes, mais do que um, que os tipos nem sempre tão disponíveis e gostas de variar!

Convém referir, que nunca fizeste, não fazes, nem farás nada que ponha em perigo o casamento deles!
Nada de telefonemas manhosos, baton na roupa, perfume feminino na roupa deles, facturas de hotéis perdidas nos bolsos do casaco deles, etc, etc…

Diz-me lá, quantas mulheres tu conheces a quem pudesses contar esse teu estilo de vida, sem que te fizessem sentir como uma vaca, cabra, etc e tal?

--

Quanto à tua dívida:
Pagas à letra!
E ainda me deves muitas!

:-)

****

 
Às terça-feira, abril 18, 2006 9:48:00 da manhã , Blogger homempasmado disse...

Só para acrescentar mais qualquer coisinha:


“…as nossas amigas nós desabafamos… não querem mudar o mundo, nem a nossa relação…"

A propósito de não querer mudar outra coisa/pessoa, conheço um cliché engraçado:
As mulheres, quando casam, esperam que o homem mude!
Os homens esperam que ela não mude!

Penso que deste mal-entendido, nasce muita confusão!

--

O que é realmente quase um paradoxo!
É que, de facto, as pessoas mudam, mas não mudam!
:-)

Ou seja, mudam, mas não mudam como se desejava, como se planeava.
Infelizmente, parece que muita gente pensa que se pode praticar engenharia nas personalidades dos amados!

(não)Mudar a gosto do cliente!
:-(

--

Já agora, para arrenganhar a dentuça, algumas citações a propósito de casamentos:

“Todos os casamentos são felizes. Tentar viver juntos é que é a causa de todos os problemas.”
- Shelley Winters

“Para as mulheres, o sexo é o preço a pagar para se casarem.
Para os homens, o casamento é o preço a pagar para terem sexo.”
- Allan Pease

“O casamento é uma comunidade constituída por um patrão, uma patroa e dois escravos, o que faz ao todo duas pessoas.”
- Ambrose Bierce

:-)

 
Às quarta-feira, abril 19, 2006 2:16:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

“Para as mulheres, o sexo é o preço a pagar para se casarem.
Para os homens, o casamento é o preço a pagar para terem sexo.”
- Allan Pease
não concordo, mudam-se os tempos mudam-se as vontades, hoje em dia as mulheres também gostam de fazer sexo, não só fazer amor já exigem já pedem já sabem bem o que querem, não são submissas adoram a supresa , as massagens o elevador e outras coisas do genero, cuidado actualiza - te nós estamos exigentes e adoramos quem se esforça...
Quanto à tua dívida:
Pagas à letra!
E ainda me deves muitas!

Bem vou declarar falencia ou então venham penhorar-me os meus bens, quero lá saber...

Em relação á mentalidade de comprotamentos tipo é verdade nós as mulheres somos umas venenosas e gostamos de dar nomes a coisas que em muitas sociedades até são consideradas normais é uma passagem um aprender ver o mercado e depois escolher.
Odeia-mos mulheres bem "papadas" e com ar feliz...

 
Às quinta-feira, abril 20, 2006 10:09:00 da tarde , Blogger homempasmado disse...

Também não concordo com a citação do Pease (em determinados contextos).
Mas já foi muito verdadeira na nossa sociedade e é ainda muito verdadeira em outras!

--

Tá bem, declara falência. Penhoro-te a voz e fico com ela só para mim!
;-)

 
Às sexta-feira, abril 21, 2006 7:55:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

ainda não me ouvite cantar...
tás a ver a marisa, pois não tem nada a ver???!!!!!.
não até tenho uma voz aceitavel quem sabe com maneger certo?

 
Às sexta-feira, abril 21, 2006 9:44:00 da tarde , Blogger homempasmado disse...

Quero lá saber!
Sempre posso usar-te para espantar os cachorros, os vendedores e os religiosos ao domicílio!
Ahahahahahahahahah!

 
Às sábado, abril 22, 2006 10:23:00 da tarde , Blogger florzinhanina disse...

pois aqui temos um homem com imaginação e sentido de humor...
tá feito eu canto tu choras!!!

 
Às segunda-feira, abril 24, 2006 10:46:00 da manhã , Blogger homempasmado disse...

Combinado!
:-)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial